Rio de Janeiro, Magave e a Pedra Oca 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quando recebeu a missão de fazer ativações energéticas no Rio de Janeiro, Nanda da Paz não sabia muito bem o que iria ser feito ali, as informações que tinha era apenas que aquele local havia sido um local sagrado e que sua energia teria sido invertida como uma pirâmide virada e isso fazia com que a energia do local permanecesse densa, manifestando assim aspectos de baixa frequência (violência, erotismo, vícios, ignorância) e atraindo muitos seres que se identificavam com essa frequência. Esses locais tendem então a ter um nível de magnetismo que prende as pessoas ao mesmo tempo que suga elas e muito do que podíamos perceber na cidade do Rio de Janeiro com sua exuberância de belezas naturais em meio a tanta criminalidade, violência no trânsito, descaso dos poderes públicos e erotismo barato.

 

No entanto ao longo da jornada as informações foram chegando pouco a pouco, chegou então a informação de que debaixo da cidade do Rio de Janeiro, chamada em tempos antigos de Cidade das Águas Verdes, havia uma cidade intra-terrena com importantes templos etéricos e que emanava frequência dourada para todo o planeta, nesta cidade teriam vindo inúmeros mestres compartilhar da energia de suas pirâmides e salões iniciáticos, a cidade intra-terrena abaixo do Rio de Janeiro, Magave.

 

MAGAVE

Magave é a Cidade intra-terrena que se encontra abaixo da cidade do Rio de janeiro. De energia dourada, apresenta muitas características com a cidade de Posid em Mato Grosso. Também é uma cidade Atlântida submergida desde a queda de Lemúria. 

Assim que Lemúria “caiu”, seus habitantes se espalharam, e alguns voluntários de Atlântida uniram-se aos lemurianos para começarem a construir as cidades intra-terrenas no intuito de sustentar a frequência de luz com a Consciência de 5º dimensão no planeta.

Os habitantes de Lemúria e Atlântida, reconheceram a responsabilidade deles no desastre dos continentes, e como redenção, se uniram para impedir que a inconsciência se expandisse. Escolheram então entrar em um estado de paralisação energética e evolutiva, deixando de evoluir, ficando então em locais de baixa frequência para dominarem os seres que densificavam a frequência planetária.

Esses seres foram aprisionados em alguns pontos da Terra, onde era possível paralisar as energias de luz e das trevas e quantifica-las. Esses lugares possuíam mais características telúricas, por causa dos leitos de enxofre e turmalinas na crosta terrestre. Magave é um desses locais que fica debaixo da cidade do Rio de Janeiro.

 

Magave é comandada por Hanayvratub, que em uma de suas mensagens canalizadas por Nanda da Paz explica o porque dessa densidade:

 

"Os habitantes de Atlântida e Lemuria dominaram os seres da escuridão, com ajuda de Seres Cósmicos, que criaram monumentos em todo o planeta para conectarem a frequência de luz nas mentes dos habitantes. Construíram formas de Deuses em esculturas que remetiam a consciência do povo ao próprio reconhecimento da  existência de luz, pois o planeta vibrava na dúvida e descrença sobre as Divindades Planetárias e do Deus Primordial. "

(mensagem de Hanayvratub canalizada por Nanda da Paz)

 

Segundo as canalizações, sonhos revelados aos participantes das ativações e visões a cidade de Magave conta com sete templos piramidais, um dos quais, o principal, ficaria exatamente embaixo da Pedra da Gávea, que eles chamam de Pedra Oca, este seria um antigo acesso para os templos da cidade de Magave, em tempos antigos. Eis porque tantos mistérios envolvem essa pedra, sua forma, suas lendas e suas características encontradas em referências de povos de diversas culturas.

 

Estes seres de energia dourada, comandados por Hanayvratub, seriam então os guardiões dessa cidade, não permitindo que os seres de energia densa (2D) saissem e densificassem ainda mais a energia do planeta. O trabalho das Ativações foi o resgate dos seres de 2D para as naves de tratamento do comando Ashtar, desta forma os seres dourados de Magave foram isentados de guarda-los e os templos poderam ser reabertos para elevar a frequência, isso aconteceu quando reconhecemos o potencial sagrado destes pontos e invocamos ali as energias de ativação dos templos etéricos (espiral dourado e platina), agregando nossos aspectos com estes seres dourados e elevando nossa frequência e de todo o planeta. Este é um trabalho que foi realizado também em outros planos mais sutis e que precisou ser feito aqui (na 3D) para que fosse concluído. 

 

Desta forma restituiu-se muitas ligações da rede cristalina das cidades intra-terrenas, sutilizando a energia da cidade e conectando com outros locais sagrados pelos mundo, segundo informações passadas por canalizações a energia da cidade eleverá 3 pontos a cada 10 anos, o que segundo ELES pode ser considerado um grande avanço conscienciológico.

 

A Pedra Oca (Pedra da Gávea)

 

O local citado nas canalizações como Pedra Oca seria o acesso para a cidade intra-terrena de Magave, os visitantes chegavam por terra na Cidade das Águas Verdes, onde hoje é o Rio de Janeiro, e aqueles devidamente preparados entravam em Magave através da esfinge de pedra oca onde atualmente é a Pedra da Gávea. A Pedra Oca era o local sagrado pois se encontra exatamente acima de um dos principais templos da cidade subterrânea. Ao seu redor encontravam-se grandes montanhas que serviam como torres de proteção, no entorno da Cidade das Águas Verdes para protegerem a Esfinge da Pedra Oca que era um local sagrado onde a frequência era devidade preservada. Os demais visitantes frequentavam costumeiramente a cidade ficando acampados nos seus arredores, as torres de proteção, que também era protegida por guardiões que não permitiam a passagem de seres com frequência inadequada para o local. Com a densificação deste ponto magnético e o fechamento da cidade de Magave este local passou a atrair então povos cada vez mais densos e a cobiça de muitos que aqui chegavam e se viam encantados pelo local. 

 

 

10414925_793479227364073_8945099897245657976_n.jpg
portal.jpg
PGaveaesfinge 1.jpg
pedra_gavea2.JPG
images (2).jpg
tijuca24.jpg
tijuca4.jpg
Nuvem-lenticular-no-Rio-de-Janeiro-em-18-de-janeiro-de-2014.jpg
outra.jpg
merkabah18.jpg
merkabah13.jpg
merkabah15.jpg
gavea10.jpg
gavea4.jpg
gavea.jpg

Telefones

 




 

Siga-me

 

  • facebook

© 2014 por Unidade AtivaCor 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now